Home Studio: O que é uma DAW?

Se você está começando agora no mundo da produção musical, talvez já tenha ouvido falar na sigla “DAW”, que traduzindo do inglês significa “Estação de Gravação de Áudio” e é essencial para a gravação em Home Studio.

Deixa eu te explicar melhor: a DAW serve para que você consiga gravar, editar, mixar e até masterizar o áudio digital, ou seja, são programas (e aplicativos) que trazem toda a funcionalidade das antigas mesas de som, mas com a tecnologia dos tempos modernos.

Em geral, tudo o que você precisa para gravar a sua música é de um computador com uma configuração razoável, um fone e a sua DAW. Se você for gravar instrumentos ou voz, vai precisar também de uma interface de áudio e um microfone. Quer saber mais sobre quais equipamentos eu recomendo para Home Studio? Veja o meu Guia de Recomendações.

De fato, sabemos que a tecnologia vem revolucionando e evoluindo o modo como a gente realiza a maioria das tarefas no nosso dia a dia e isso não seria diferente para o áudio. Quando pensamos em grandes bandas de rock famosas dos anos 60, 70 e 80, sempre lembramos daquelas imagens de estúdios enormes, que vemos em filmes e documentários, onde se gastava rios de dinheiro para ensaios ou gravação de um CD demo e álbuns, com recursos muito limitados (e por isso muito caros) que a tecnologia possibilitava naquela época. Gravar música não era para qualquer um.

Hoje em dia uma DAW vai te permitir gravar, editar, mixar, compor, com elementos digitais e reais, para um possível fonograma, gastando muito menos do que nos tempos antigos e com um mar de possibilidades de instrumentos virtuais, plugins, controladores MIDI entre outras facilidades que a tecnologia nos proporciona em pleno século XXI.

Existem várias opções de DAWs: para Mac e Windows, para IOS e para Android, algumas que são mais fáceis e intuitivas de usar, ideal para quem está começando e outras mais complexas.

Quais são as DAWs perfeitas para quem está começando?

Se você está começando na produção musical e quer experimentar, eu te recomendo o Studio One, que tem uma versão gratuita chamada Studio One Prime, você pode também começar com o Studio One Artista ou a versão demo gratuita do Studio One Pro, também tem a opção de alugar o programa, então eu sempre recomendo o Studio One porque tem várias portas de entrada gratuitas pra você que está começando agora. Você pode testar também o BandLab, porque é totalmente gratuito e é só baixar o aplicativo no celular/tablet ou abrir o site no browser do seu computador. Outra boa opção boa para quem está começando é o Cakewalk.

Agora se você quer se divertir, eu recomendo o FL Studio, ele é mais divertido, muitos jovens gostam de usar e ele é bem profissional, bonito, tem umas animações bem legais. Outra boa opção também é o Garage Band Mobile, que funciona para Iphone, Ipad e Mac e você pode usar a mesma sessão e passar pro seu Mac, então ele funciona muito bem e tem uma compatibilidade muito boa com produtos da Apple. Se você não possui nada da Apple e ainda sim quer se divertir, pode experimentar o FL Studio Mobile, ele é barato e funciona em celular/tablets iOS e Android.
Para saber mais sobre qual é o melhor programa de gravação de áudio para começar com produção musical, como escolher e quais são as DAWs ideias para iniciantes, leia esse artigo.

Como eu disse anteriormente, hoje em dia, com o mundo digital e globalizado, qualquer um pode produzir suas músicas em casa. E a melhor parte: gastando pouco ou, às vezes, não gastando nada.

Como funciona uma gravação por meio de uma DAW?

Fazer as suas gravações por meio de uma DAW funciona basicamente assim:

Você vai ligar um microfone (condensador ou dinâmico) ou instrumento em uma interface de áudio, essa interface será ligada no seu computador por USB ou Firewire. E é ai que entra a DAW, onde será registrado o sinal de áudio captado pelo microfone ou captador do instrumento.

Com o sinal de áudio sendo capturado pela DAW, agora você pode utilizá-la para fazer cortes, dobras, aplicar efeitos como reverb, delay, usar um emulador de amplificador, usar um compressor para comprimir o áudio ou um equalizador, etc.

Em outras palavras, com a facilidade de uma DAW você pode fazer tudo o que a sua criatividade te permitir com um áudio, e depois pode gravar outros instrumentos para colocar em cima desse áudio (em trilhas separadas, podendo editá-las um a um, de forma independente).

Agora que você já sabe tudo sobre DAWs, venha fazer parte do maior e mais completo Curso de Produção Musical do Brasil!

Quer um bônus?
Todos os alunos do Masterclass 2.0 tem desconto na compra do Studio One, que é a minha DAW preferida!

Quer saber mais sobre o Masterclass 2.0?

Clique aqui!

Até o próximo post,
Chrys Gringo.

Deixe seu comentário